Neste artigo iremos mostrar de maneira simples e prática, como calcular o CAGR no Power BI, utilizando dados do PIB Mundial.

O CAGR (Compound Annual Growth Rate – Taxa de Crescimento Anual Composta) é uma medida bastante utilizada em análises de investimentos, crescimento de mercado, valorização financeira, retorno sobre investimentos e está sempre presente nos relatórios financeiros de grandes instituições.

Se você não conhece esse indicador, ele basicamente indica quanto um valor (Faturamento, Receita, Lucro, etc) cresceu no período que está sendo analisado, considerando uma taxa constante.

Calcular o CAGR no Power BI é muito simples!

E usando os filtros dinâmicos disponíveis no Power BI, é possível usar esse indicador para análises em diversos contextos!

Para este passo a passo, vamos utilizar os dados do PIB Mundial (disponível no site WorldBank.Org). Para baixar a planilha que vamos usar nesse exemplo, clique aqui.

A fórmula para calcular o CAGR é:

CAGR = (Valor Final / Valor Inicial)^(1/número de anos) -1

Uma das formas de aplicarmos essa fórmula para nossos dados é: criar uma medida para cada variável da fórmula. Ou seja, vamos criar uma medida “Valor Inicial”, outra “Valor Final” e por fim uma para “Número de anos”.

Depois vamos consolidar todas essas “sub-medidas” em uma Medida Principal, que será o “CAGR”.

Vamos começar então!

O primeiro passo é conectar a base de dados ao nosso Power BI. Clique em “Obter dados”, depois selecione “Excel” e por fim “Conectar” Localize a planilha baixada “PIB_Mundial_uaiSmart.xlsx” e clique em “Abrir”. (Se ainda não baixou, clique aqui para baixar!)

cagr no power bi-1

Na aba de Navegação, selecione a tabela PIB_Mundial e clique em “Carregar”.

cagr no power bi-2

Com os dados importados, vamos criar as medidas! (Para aprender mais sobre Power BI, baixe o nosso eBook completo e gratuito!)

Guia SMART para Iniciantes em Power BI

Clique em “Nova Medida” e na barra de fórmulas, insira o texto a seguir:

Valor Inicial = CALCULATE(SUM(‘PIB_Mundial'[Valor (US$)])FILTER(PIB_Mundial;PIB_Mundial[Ano]=MIN(PIB_Mundial[Ano])))

Traduzindo: nessa fórmula estamos calculando (CALCULATE) a soma (SUM) do Valor do PIB utilizando um filtro (FILTER) na tabela PIB_Mundial, que deve considerar como Ano selecionado o primeiro Ano disponível (MIN).

cagr no power bi-3

Repita o mesmo processo para as outras duas medidas, utilizando as formas abaixo.

Valor Final = CALCULATE(SUM(‘PIB_Mundial'[Valor (US$)]);FILTER(PIB_Mundial;PIB_Mundial[Ano]=MAX(PIB_Mundial[Ano])))

Traduzindo: nessa fórmula estamos calculando (CALCULATE) a soma (SUM) do Valor do PIB utilizando um filtro (FILTER) na tabela PIB_Mundial, que deve considerar como Ano selecionado o último Ano disponível (MAX).

Número de Anos = (MAX(PIB_Mundial[Ano])MIN(PIB_Mundial[Ano]))

Traduzindo: nessa fórmula estamos buscando o maior (último) ano disponível e subtraindo pelo menor (primeiro) ano disponível.

As funções utilizadas neste passo a passo utilizam a linguagem DAX (Data Analysis eXpression), que é a linguagem utilizada na criação de medidas e cálculos no módulo de PowerPivot do Power BI, bem como em outras aplicações da Microsoft.

Pronto! Medidas criadas.

cagr no power bi-4

Agora com as medidas criadas, ficou fácil! Você se lembra da fórmula?

Utilzando a fórmula CAGR no Power BI

CAGR = (Valor Final / Valor Inicial)^(1/número de anos) -1

Vamos criar uma Nova Medida juntando as outras que criamos. Clique em “Nova Medida” e na barra de fórmula, insira:

CAGR = ([Valor Final]/[Valor Inicial])^(1/[Numero de anos])-1

Vamos alterar o formato da nossa medida para Porcentagem. Para isso, clique na aba Modelagem, selecione a medida CAGR (clique no nome da medida e não na caixa de seleção) e por fim, selecione o Formato Percentual.

cagr no power bi-5

Tudo pronto! Criamos a medida para cálculo do CAGR no Power BI e agora é só aplicar nos seus relatórios!

Mas que tal aplicar essa medida em gráficos e deixar seu relatório mais completo?

Veja também como fazer tudo que ensinamos aqui sobre CAGR no Power BI em vídeo.

Clique aqui e confira a nossa Análise do PIB Mundial. Agregamos gráficos e visualizações deixando uma análise bem interessante da aplicação do CAGR no Power BI. Ele é a continuação deste artigo e finaliza o que ensinamos aqui.

Neste artigo você vai conseguir também baixar nosso arquivo em “.pbix” e usar como modelo.

Gostou da dica? Compartilhe com seus colegas usando os botões de compartilhamento em redes sociais abaixo! Não se esqueça de comentar esse post e nos contar o que está achando do conteúdo ou mesmo uma dúvida que tenha!

Até a próxima!

Aprenda, com o conteúdo deste artigo, como alterar a fonte de dados no Power BI. Assim conseguirá realizar esta tarefa facilmente com este roteiro passo a passo direto ao ponto.

Como alterar a fonte de dados no Power BI-0

Imagine que seu relatório no Power BI esteja bem estruturado e pronto para gerar valiosos insights para tomada de decisão. Mas por algum motivo você precisa consultar seus dados de uma outra fonte de dados.

Talvez você precisou alterar o nome do arquivo fonte para deixa-lo nos novos padrões da sua empresa. Talvez outra pessoa mudou o nome do arquivo. Talvez você criou uma outra planilha com mais linhas de dados e quer aproveitar a estrutura do seu relatório. Ou talvez você estava com uma base de dados no seu disco local e precisava coloca-la em uma pasta na rede.

Seja lá qual for a razão, logo a seguir você saberá como alterar a fonte de dados no Power BI de forma bem simples.

A alternativa mais fácil e direta é seguindo esses passos:

Clique em Configuração da fonte de dados ou Definições de origem de dados no menu do Editor de Consultas, como se vê na figura abaixo:

Como alterar a fonte de dados no Power BI-1

 

Será aberta uma janela e neste local selecione o arquivo fonte que você quer alterar e clique em Alterar Origem… (ou dependendo da sua versão: Alterar Fonte…).

Como alterar a fonte de dados no Power BI-2

 

Se abrirá uma nova janela, para que seja especificado o caminho para a nova fonte de dados, informe este caminho mais o arquivo e clique em Ok.

Como alterar a fonte de dados no Power BI-3

 

O Power BI se encarregará de validar as informações e ajustar o Modelo de Dados.

Outra alternativa um pouco mais específica é abrir o Editor de Consultas, selecionar a Tabela que contém os dados do arquivo que você precisa ajustar e alterar. Observe no painel de Etapas Aplicadas, que fica totalmente à direita, o primeiro passo nesta lista de etapas é justamente a definição da Origem dos dados (Fonte).

Como alterar a fonte de dados no Power BI-4

 

Para isso, clique no símbolo de engrenagem e altere o caminho de Origem para o novo arquivo. Clique em Ok. Por fim, no menu superior, faixa de opções da Página Inicial, clique em Fechar e Aplicar. Com isso, você sairá do Editor de Consultas.

Bem prático, certo? Diferentemente de outras ferramentas, no Power BI o risco de perder vínculo entre as bases e o reporte é mínimo! E é facilmente reparado. E com estas dicas agora você sabe como alterar a fonte de dados no Power BI.

Temos um vídeo ensinando como alterar as fontes de dados, assista e veja como nós fazemos.

Você ainda é novo no Power BI e quer aprender mais? Aproveite nosso Guia SMART para Iniciantes, clique abaixo para baixa-lo gratuitamente.

Guia SMART para Iniciantes em Power BI

Aproveite a oportunidade de aprender um pouco mais de Power BI clicando aqui!

 

Gostou da dica? Compartilhe com seus colegas usando os botões de compartilhamento em redes sociais abaixo! Não se esqueça de comentar esse post e nos contar o que está achando do conteúdo ou mesmo uma dúvida que tenha!

Até a próxima!

Economize tempo aprendendo a importar arquivos de uma pasta no Power BI de uma única vez. O Power BI aceita arquivos CSV (neste exemplo tratamos este tipo), XLS e XLSX (que são do excel), TXT entre outros. Transforme uma atividade lenta e maçante em algo feito de uma vez só, sem repetições. Neste artigo você aprenderá a fazer isso de forma fácil e objetiva.

Importar arquivos de uma pasta no Power BI Desktop-0

Em programas de BI tradicionais, para gerenciar vários arquivos sequenciais é necessário copiar e colar os dados em um único arquivo. Depois disso, transformar e modelar todos os dados só pra conseguir criar um simples gráfico de coluna. Esse processo é lento e maçante.

No Power BI é possível importar um grupo de arquivos de uma pasta de forma muito simples, economizando tempo na importação dos seus dados, assim sobra mais tempo para analisar e focar no trabalho que vai gerar mais valor para você e sua empresa.

Vamos utilizar um exemplo prático para solucionarmos esse problema.

O primeiro passo para importar arquivos de uma pasta no Power BI é ter uma pasta com os arquivos. No caso serão arquivos CSV a serem importados. Se você não possui nenhum, clique aqui e baixe a pasta zipada de exemplo. Após fazer o download, extraia a pasta na sua Área de Trabalho.

Com o Power BI Desktop aberto, clicamos em Obter Dados e selecionamos a opção Pasta na lista de opções Tudo.

Importar arquivos de uma pasta no Power BI Desktop-1

 

Ao clicar em Conectar no canto inferior da tela, uma janela aparecerá e nela selecionaremos o caminho da pasta.

Importar arquivos de uma pasta no Power BI Desktop-2

 

Após informar o caminho em que a pasta se encontra, basta clicar Ok.

A próxima janela mostra quais arquivos o Power BI conseguiu enxergar dentro da pasta selecionada. Nessa etapa, a maneira mais direta de importar a pasta é clicando em Combinar e depois em Combinar e Carregar.

Importar arquivos de uma pasta no Power BI Desktop-3

Na janela Combinar Ficheiros basta selecionar a Tabela padrão (no caso abaixo “Tabela1”) e clicar em Ok, conforme imagem abaixo.

Importar arquivos de uma pasta no Power BI Desktop-4

 

Pronto! Viu como é simples importar arquivos de uma pasta no Power BI? Seus arquivos foram unificados em uma tabela só e estão prontos para serem transformados em insights!

Observe que foi criada uma coluna “Source.Name” para indicar à qual arquivo aquela informação pertence. Se não houver a necessidade de identificar o nome do arquivo, basta excluir essa coluna.

“Mas e se eu precisar incluir mais arquivos na pasta? Vou ter que fazer tudo de novo?”

Claro que não! Estamos falando de Power BI!

Caso você insira novos arquivos na pasta, basta clicar no botão “Atualizar” no Power BI que a própria ferramenta vai fazer o trabalho duro de consultar a pasta e incluir as novas informações na tabela principal. Muito mais prático, não é mesmo?

Agora que a tabela está importada, podemos criar relatórios e visualizações!

Está em dúvidas se o Power BI é bom mesmo? Leia este artigo e veja que ele é o futuro, tem uma infinidade de outras funcionalidades que falamos em vários posts.

Gostou da dica? Agora ficou fácil importar arquivos de uma pasta no Power BI!

Quer mais facilidade ainda? Veja este passo a passo em vídeo! Clique no link e assista o vídeo Como importar todos os arquivos de uma pasta no Power BI.

 

 

Guia SMART para Iniciantes em Power BI

Aproveite a oportunidade de aprender um pouco mais de Power BI clicando aqui!

 

Se tiver qualquer dúvida, comente nesse post para enriquecermos nossa base de conhecimento! E não se esqueça de compartilhar com seus colegas!

Até a próxima!